Blog Casamundi

[mkdf_section_title title_text_transform=”capitalize” title_text_align=”center” title_size=”medium” title=”Turquia, Jordânia & Dubai” title_color=”#cc2d06″][mkdf_section_subtitle text_align=”center” text=”por Virgínia Ribeiro”]

Escolhi ser agente de viagens ainda na faculdade de Relações Públicas e de lá pra cá conheci muitos lugares ao redor do mundo. Aprendi que sempre há muitos locais esperando para nos surpreender. Esta viagem foi uma delas. Estar na Turquia, Jordânia e Dubai foi revelador, uma viagem no tempo.

Fui representando a Casamundi, a convite da operadora Mercatur nesta fam tour de capacitação. Éramos 11 pessoas. Definir a experiência como incrível é pouco. Estar em lugares com mais de 7 mil anos de história, pisar em solos citados desde o Antigo Testamento foi algo que jamais tinha pensado até então. Lembrei muito das minhas aulas de catequese, quando eu tinha uns nove anos e líamos sobre o Mar Morto, Mar Vermelho e a Terra Prometida. Parecia algo tão distante, tão inatingível. Nunca pensei que um dia estaria pisando nesse chão.

Vivi cada momento com o pé no passado. Na Capadócia, entendi como viviam os cristãos do século I, que por sua condição religiosa acharam abrigo nessa terra, fugindo do Império Romano. Na Jordânia, pude avistar a Terra Prometida sob o mesmo ângulo de Moisés. Fechava os olhos e me imaginava em cada situação, vivendo e sentindo como aquele povo. Se realmente existem vidas passadas, eu estive em algum desses locais.

Visitamos muitos lugares. Foi muito prazeroso conhecer Istambul: com um pé no ocidente, outro no oriente, é uma cidade moderna, limpa e cosmopolita que não esqueceu suas origens e tradição. Além dos pontos mais famosos, como a Santa Sofia e a Mesquita Azul, fiquei encantada com a Igreja de São Salvador de Chora e seus belos mosaicos. Ela não é tão conhecida e vale a pena uma visita guiada. Sem um especialista explicando os mosaicos e afrescos, perde-se um pouco do encanto.

Voar de Balão na Capadócia foi uma experiência única. Ver tudo lá de cima, em um amanhecer incrível e uma paisagem singular realmente marca algo na gente. Minha dica na Turquia é ir além de Istambul e Capadócia. O sul do país é belíssimo. Mergulhar no Mar Vermelho também é um programa bem legal.

Turquia e Jordânia são países que devem ser visitados por quem já tem um número considerável de carimbos no passaporte: são destinos que vão além do turismo “tradicional”. É preciso deixar nossos conceitos e dogmas em casa e aprender a ver o mundo com os olhos de um povo que fincou suas raízes nessa terra há mais de 7 mil anos.

As viagens sempre reservam surpresas pra gente. Quem me conhece de perto, sabe o quanto sou fã de Star Wars e não é que o destino se encarregou de preparar uma peça para mim? Ao visitar o Deserto de Wadi Run, na Jordânia, nos deparamos com algumas locações do novo filme da série, que será lançado este ano. E ainda tivemos a feliz coincidência de ficar no mesmo hotel que parte do elenco.

Combinando com esse encontro inusitado com o futuro, para completar a viagem, aproveitamos que o voo era da Emirates e fizemos um stop de dois dias em Dubai. A cidade deixa qualquer um com torcicolo: impossível não ficar olhando para cima, admirando os altos prédios, de uma arquitetura futurística. Parece que entramos na máquina do tempo e desembarcamos anos à frente. Uma cidade moderna, onde tudo anda rápido e em constante transformação: de cada canto vazio, emerge uma construção. E para fechar nossa estada fizemos um passeio incrível em um deserto de areias douradas, com um pôr do sol belíssimo.

[mkdf_image_gallery type=”image_grid” column_number=”2″ spacing=”medium” hover_click_action=”none” grayscale=”no” images=”26240,26241,26242,26243,26235,26239,26238,26237″ image_size=”600×400″]
[mkdf_separator position=”center”]

Virgínia viaja com a Casamundi desde sempre. A agência a levou por vários países da Europa, México e América do Sul, com destaque para o Peru e Equador – e ainda o especial o Arquipélago de Galápagos, um sonho realizado.nNa Ásia, esteve na fascinante Tailândia. Sua lista de desejos é tão extensa quanto tudo que já conheceu. Falta completar seu álbum ideal com a África. Quênia, Botsuana e Moçambique estão na sua mira e ela espera acertar esses alvos logo, logo.