55 51 3392-4283
| Borges de Medeiros 2500/1909 | Seg - Sex 9.00 - 18.00 |
Top
 

Seychelles, paraíso na Terra

Casamundi Turismo / Seychelles, paraíso na Terra

Seychelles, paraíso na Terra

por Chayenna Amorim

Em 2018 a Casamundi venceu uma campanha promovida pela Secretaria de Turismo de Seychelles que premiou as quatro agências brasileiras que melhor divulgaram este destino. A ação foi em parceria com seu representante no Brasil, a Global Vision Access, e a operadora Orion. Entre as ideias que a Casamundi colocou em prática, um Happy Hour sobre Seychelles realizado no mês de julho teve destaque pela criatividade.

Detentora de dois patrimônios da humanidade pela Unesco, Seychelles é um país africano dotado de belezas naturais e praias paradisíacas. Formada por 115 ilhas distribuídas entre vários arquipélagos, suas reservas preservam verdadeiros tesouros naturais. E foi para lá que seguimos, eu, mais três agentes do Rio Grande do Sul e os representantes da GVA e Orion, em novembro de 2018.

Foi uma experiência ótima em que pude conhecer um dos paraísos na Terra, lugar de praias lindas e povo colorido e alegre, uma mistura de diferentes culturas e etnias. A perfeição da natureza na cor das águas, flores e pessoas é encantadora.

Come-se muito bem: peixes, frango, legumes e frutas frescas. As praias são realmente paradisíacas, vou falar um pouco das que visitei.
Mahe é a principal ilha do arquipélago onde fica a capital Victoria, por isso concentra muitos serviços e tem mais trânsito, mas mesmo lá as opções e beleza das praias já são de tirar o fôlego.
Silhouette é uma ilha com apenas 200 habitantes, onde está o exclusivo Hotel Hilton Labriz com suas cabanas de frente para o mar. Você pode pegar uma das bicicletas e percorrer a ilha em boa parte de sua extensão.
La Digue é uma graça, menor que Mahe e Praslin mas muito procurada por ser mais plana, ideal para explorar de bike também. Decorada por imensas rochas de granito e recifes de corais, é considerada a ilha mais pura e tradicional do arquipélago.

O Coco de Mer é a maior semente do mundo e representa o arquipélago ao redor do globo. Em Praslin, segunda maior ilha de Seychelles, que fica a cerca de três horas de barco a nordeste de Mahé, existe uma surreal floresta repleta delas e é onde acontece uma festa anual de arte e culinária em sua homenagem. É possível comer sorvete, pão, mousse, pudim, tudo feito da exótica semente, que carrega consigo uma lenda de “fruto proibido” pelo seu curioso formato, uma alusão ao poder do feminino na natureza.

Seychelles é um lugar romântico por natureza, por isso muito procurado por casais em Lua de Mel. Na verdade, é um destino excelente para quem ama praia, natureza e lindas paisagens. O interessante é que os roteiros de viagem podem ser montados de diversas formas em variados tipos de hospedagem. Minha dica para aproveitar é: passe pelo menos uma semana lá. Visite pelo menos duas ilhas, Mahe e La Digue são diferentes e por isso ideais para curtir, pois se complementam, dando uma ideia de todo o lugar.

Sócia da Casamundi Turismo, Chay viaja muito mundo afora. Em fevereiro de 2018 foi com um grupo da Casamundi Cultura para um roteiro de Arte na Espanha. Em setembro, foi para o Atacama com mais três clientes (contou sobre a viagem em outra edição do Viajante) e em dezembro ainda embarcou para desbravar a Nova Zelândia e logo, logo contará sobre esta viagem por aqui também.