• Geral
  • Roteiro
  • Incluído
Dos nossos cinco sentidos, talvez o mais talentoso seja o olfato – ele tem o poder de nos transportar. Um cheirinho de bolo recém saído do forno muitas vezes nos leva à infância na casa dos nossos avós, por exemplo. E o que dizer do aroma de um café recém passado? Há quem ache que o cheiro é melhor do que o gosto. O café é uma bebida muito acolhedora. Acompanha um papo com os amigos ou nos faz companhia quando estamos sós com nossos pensamentos.
Original da Etiópia, o café foi para a Arábia, Egito e Turquia. Rumou para a Europa pelo século XVII. Em terras brasileiras, as primeiras mudas datam do início de 1700. E foi, principalmente, nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo que as plantações de café encontraram solo e clima ideais para o cultivo e, com isso, gerar muita riqueza e prosperidade para a região. Com a grande crise de 1929 nos Estados Unidos, a economia do Brasil foi atingida em cheio, e o ciclo do café entrou em declínio. Então, qual o destino das imensas fazendas produtoras? Muitas se reinventaram, e hoje recebem turistas de todos os lugares, interessados tanto por essa parte tão importante da nossa história quanto por outros atrativos incríveis como a bela geografia do sudeste e uma culinária que agrada a todos. Queijos, feijão-tropeiro, pão de queijo. A lista é grande e o sabor, só estando lá para saber.

Dentre tantas opções, apresentamos o Hotel Fazenda Bom Café. Localizado na cidade de Ouro Fino (MG) é facilmente acessado a partir dos aeroportos de Congonhas (em torno de 110 km), Campinas (em torno de 130 km), ou Guarulhos (em torno de 220 km).

O Hotel Fazenda Bom Café foi fundado por imigrantes italianos, que deixaram como herança não só a propriedade, mas o espírito acolhedor, onde os hóspedes são tratados como visitantes. Nele, há a experiência da vida no campo: sem pressa, curtindo o lindo cenário cercado por Mata Atlântica quase intacta. A fazenda ainda produz uma café de excelente qualidade com certificado internacional, além de projetos de piscicultura, produção de azeite e uva. E quem lá se hospeda, pode participar de pertinho dessa rotina. O hotel ainda conta com piscinas, e entretenimento para crianças. E ainda tem muito mais: passeio a cavalo e charrete, circuito de aventura com duas tirolesas, paredão de escalada e ponte do rio que cai, vários lagos para pesca, pedalinhos e canoas, bicicletas, quadras de esporte, trilhas ecológicas, visita guiada aos talhões de produção de cafés especiais e fazendinha com animais da roça.

No momento, sem informações.